terça-feira, 25 de novembro de 2008

DRAMA II

(Resposta a Drama de Suelen Rocha, postado em http://basileesco.blogspot.com/2008/11/drama.html)

Não, não é isso...
As lágrimas vieram
e eu já estava ao chão.

Eu cantava
e memórias plimplintavam na pontinha do nariz.
A dor tomava meu corpo,
contorcia-me os rins.

Levantei cambaleante,
a cabeça girava.
Mal podia abrir os olhos,
a boca arreganhada cheia de dentes.

De repente,
senti o parapeito roçar-me o quadril.
E ganhei vôo.
Contorcia-me ainda quando do baque seco.

Houve-me tempo de ouvir um deboche:
"Esta louca se jogou às gargalhadas, feliz da vida."

Um comentário:

F.S.M.M. disse...

Mas como pode sair tanta idéia boa desta cabeça???
Sou fã desta cabeça!

Bju...

SIGAM-ME OS BONS!